Quem sou eu

Minha foto

Nascido em Erechim-RS em 1964, no ano seguinte a familia veio morar em Porto Alegre capital do Estado do Rio Grande do Sul- Brasil.
Formado em Química Industrial, Especialista em Engenharia da Qualidade e Mestre em Química, foi executivo de diversas organizações e consultor em gestão empresarial, atuando em diversas entidades públicas e privadas nas áreas de serviços, indústrias, agronegócios, ONGs e outras.
Tem na música e na leitura seus principais lazeres.
Busca constamente observar a vida, aprender e fazer diferença no mundo, não apenas como um mero participante de um momento histórico da humanidade.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Indicador de Sucesso Governamental

A sociedade nova proposta pelo Manifesto Bonsensista visa uma possibilidade factível de felicidade integral.
Já afirmei reiteradas vezes que tudo que precisamos para ser feliz já foi, de alguma forma, inventado. Agora vamos propor uma medida de sucesso governamental, afinal precisamos de um indicador para avaliarmos um governo que seja, no mínimo, melhor que popularidade.
É enfadonho, triste, idiota e desumano avaliar a “popularidade” de um presidente da república, por exemplo. O que significa alta popularidade? Competência? Com certeza não, caso contrário os melhores governantes do mundo atual seriam o Justin Bieber e o Luan Santana.
Assim, a eficácia de um governo deve ser medida pelo nível de felicidade de seu povo. Esta medida é um marco na história mundial desde um período “muito recente” que não deu tempo para nossos políticos aprenderem. Foi só em 1972 e num país altamente desenvolvido – o Butão. Simples assim, veja o texto obtido em http://www.felicidadeinternabruta.org.br/:


 Pronto. Já temos como avaliar a competência de um governante. Simples assim. Obrigado Butão pela sua grandeza e pela sua riqueza. Um dia há de chegar, onde o Brasil seja reconhecido mais pela felicidade vivida do que pela corrupção enlouquecida.
Simples assim, mas recheado de felicidade e pleno de bom senso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário